Setúbal, Arrábida e Sesimbra

Motorista privadoMotorista privado
wifi gratuitowifi gratuito
Até 6 pessoasAté 6 pessoas
A partir de285€ - 8h

Esta tour inclui:

+16 pontos de Interesse
+16 pontos de Interesse

Explore a região de Setúbal num fantástico TESLA dirigido por um motorista privado, numa viagem de 8 horas. Deixe-se encantar pela praia dos Galapinhos, considerada a mais bela em todo o Mundo. Visite a pacata vila de Sesimbra e experimente o fantástico choco de Setúbal.

destaques da atividade

  • Tour exclusivo em TESLA 100% elétrico com motorista privado (Modelo 3 / Modelo S e Modelo X).
  • 8 horas para conhecer Setúbal, Arrábida e Sesimbra de uma forma descontraída.
  • Privacidade e conforto enquanto passeia pela região a sul de Lisboa.
  • Internet gratuita e água engarrafada durante toda a viagem.
  • Recolha e entrega no seu hotel ou apartamento, aeroporto, terminal de cruzeiros ou outro ponto de encontro à sua escolha em Lisboa.
Descrição do Tour

setúbal, arrábida e sesimbra

A Live Electric Tours apresenta-lhe o tour mais privado com partida de Lisboa para vários pontos de Portugal. Faça a sua reserva, escolha o local onde quer começar o seu passeio e o nosso motorista privado estará lá. Depois é só relaxar e aproveitar esta memorável viagem num fantástico Tesla.

Oferecemos várias opções de tours. Pode ir até à religiosa e mística cidade de Fátima, visitar o Templo Romano e as famosas vinhas de Évora, provar o delicioso choco de Setúbal, deslumbrar-se pelas vistas e praias paradisíacas do Parque da Arrabida, descobrir florestas mágicas e castelos cheios de côr em Sintra ou observar as maiores ondas do Mundo na Nazaré.

Este tour vai levá-lo até Setúbal, Arrábida e Sesimbra.

Terra de pescadores, Sesimbra exibe uma arquitetura simples feita para o povo do mar. A maior de suas riquezas está na encosta irregular que criou praias secretas e isoladas, muitas das quais são acessíveis apenas por mar.

Memória com milhões de anos para contar, a Serra da Arrábida e o território adjacente são reservatórios de conhecimento, patrimônio e histórias para contar.

A cidade de Setúbal está inserida na denominada Costa Azul, é uma importante zona portuária e comercial. Uma de suas principais atividades é a pesca, sem dúvida, e cada vez mais procurada pelos turistas, que encontram na cidade e arredores excelentes roteiros para descobrir.

Neste Tour 8 horas pela região de Setúbal, a sua independência está garantida. Apetece-lhe mudar a sua rota e seguir um caminho alternativo? Não se preocupe, pode personalizar o seu tour. Diga ao motorista para onde quer ir e desfrute da sua viagem.

Tudo isto a bordo do fantástico Tesla, um carro 100% elétrico. Com este carro totalmente sustentável e amigo do ambiente já poupámos toneladas de emissões de CO2 para a atmosfera, fazendo da cidade e do nosso Mundo locais mais limpos. Foi por isto que fomos considerados a melhor StartUp do Mundo em “Turismo Sustentável” no ano de 2020, prémio atribuído pela Organização Mundial de Turismo das Nações Unidas (UNWTO).

Venha explorar a zona de Setúbal da forma mais privada e luxuosa.

Live Electric Tours - Share Your Experience

O que inclui
  • Tour em TESLA com duração de 8 horas (Model 3 / Model S or Model X).
  • Motorista privado.
  • Itenerário sugerido (personalizável).
  • Seguro de Responsabilidade Civil, Acidentes Pessoais e Automóvel.
  • Recolha e entrega no seu hotel ou apartamento, aeroporto, terminal de cruzeiros ou outro ponto de encontro à sua escolha em Lisboa.
  • Internet gratuita e água engarrafada durante toda a viagem.
O que não inclui
  • Despesas Pessoais.
  • Almoço.
  • Entradas para Museus / Monumentos.
Pontos de interesse

SETÚBAL

Habitada desde tempos longínquos pelos Fenícios e pelos romanos, que se fixaram na margem sul do Rio Sado (em Troia - frente à atual cidade) e denominaram a povoação de Cetóbriga que veio mais tarde a derivar para Setúbal.

Foram os romanos que deram início a uma das mais tradicionais atividades da região - a recolha de sal e a conservação de alimentos em tanques de salga cujos vestígios se conservam na Península de Troia.

O desenvolvimento de Setúbal esteve desde sempre ligado às atividades marítimas propiciadas pela sua localização na foz do Rio Sado, sendo já no séc. XIV um dos principais Portos do país.

Os produtos agrícolas também merecem especial destaque sendo alguns deles já referenciados em documentos oficiais do final do séc. XIV nomeadamente as uvas, vinhos, laranjas e peixe. Ainda hoje, os vinhos produzidos na região envolvente têm fama, nomeadamente vinhos de mesa e o moscatel conhecido como de Setúbal. Poderão ser provados nas caves situadas na localidade próxima de Azeitão, onde também se produzem excelentes queijos e umas tortas deliciosas.

Na cidade em que nasceram vultos da cultura portuguesa, nomeadamente Bocage (poeta do séc. XIX, conhecido pelo tom irónico e a crítica social que inseria em tudo o que escrevia) e Luísa Todi (importante cantora lírica) merecem especial referência o Convento de Jesus em estilo gótico-manuelino que alberga o Museu da Cidade e o Forte de São Filipe. Atualmente convertido numa Pousada, é um ótimo miradouro sobre a cidade, o Rio Sado, Troia e a Serra da Arrábida.

Em redor de Setúbal encontram-se áreas de natureza preservada, nomeadamente a Reserva Natural do Estuário do Sado, onde se podem observar golfinhos em liberdade, e o Parque Natural da Arrábida, de características únicas, com espécies que só se poderão encontrar em áreas próximas do Mediterrâneo.

De destacar são também as excelentes praias nomeadamente a Figueirinha, Galapos e o Portinho da Arrábida (uma lindíssima baía abrigada) e, na margem oposta do Rio Sado à qual se chega facilmente por ferry-boat, a península de Troia com cerca de 18 kms de praias e um campo de golfe.

 

PRAÇA BOCAGE 

Praça agradável, localizada no centro de Setúbal, que deve o seu nome ao poeta sadino que aqui se encontra representado numa estátua. Espaço de convívio das gentes setubalenses, onde as sombras e os bancos de jardim convidam ao descanso e à conversa.

 

MERCADO DO LIVRAMENTO

O Mercado do Livramento situa-se na Avenida Todi,perto do centro histórico e vale a pena a visita para observar a riqueza da grande variedade de peixes, moluscos e mariscos, os seus azulejos também merecem destaque bem como o restante comércio.O Mercado foi construído em 1930 e as suas colunas são de ferro fundido.

 

MUSEU DE ARQUEOLOGIA E ETNOGRAFIA

Retrata as fainas das salinas e da pesca tradicional e exibe alfaias agrícolas e outros objectos relacionados com as actividades agrícolas (extracção da cortiça, criação de gado, etc.).

As colecções etnográficas abrangem a fiação e a tecelagem da lã e do linho, rendas, bem como trajes típicos da região.

Possui ainda uma colecção de achados arqueológicos que vão do Paleolítico ao período romano.

 

FORTE DE SÃO FILIPE

O Forte de São Filipe foi construído durante a ocupação espanhola, com início em 1582, no reinado de Filipe I, como forma de reforçar a defesa de Setúbal contra a pirataria, que já desde o reinado de D. Afonso IV, era preocupação, e este rei iniciou por volta de 1350, a construção das primeiras defesas da cidade. 

Com a restauração da independência, em 1640, D. João IV manda ampliar as defesas e a sua adaptação ao uso de artilharia. No século XIX um incêndio destruiu a casa do comando. 

Já no século XX, classificado como Monumento Nacional, a Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, fez obras de restauro e o forte foi adaptado para funcionar como pousada.

 No interior do forte, além da antiga casa do governador, agora pousada, existe também uma capela com a particularidade de ser totalmente revestida de azulejos, de Policarpo de Oliveira Bernardes.

 

RESERVA NATURAL DO ESTUÁRIO DO SADO

Abrangendo a maior parte do Estuário do Sado, a Reserva Natural estende-se por uma área de 23.160 hectares, dividindo-se entre áreas estuarinas e zonas húmidas marginais.
Zona ocupada desde há cerca de 5000 anos por uma população neolítica que estabeleceu aldeias de curta duração sobre línguas de areia, então banhadas pelo Oceano Atlântico, população essa que vivia essencialmente da pesca e da recolha de marisco. A estação neolítica do "Concheiro da Barrosinha", os restos da feitoria fenícia de Abul, o complexo de salga de peixe de Tróia e os fornos do Pinheiro, ambos romanos, atestam outros passados.
Hoje em dia, na área da Reserva, a actividade humana divide-se entre a pesca artesanal, aquicultura, salicultura, recolecção de mariscos, criação de gado bovino e equino e agricultura.


O estuário do Sado é local de nidificação, repouso ou invernagem para a avifauna, e de desova, desenvolvimento e crescimento de muitas espécies de peixes, estando mesmo registadas 261 espécies de vertebrados, das quais 8 são anfíbios, 11 são répteis, 211 são aves e 31 são mamíferos. Aqui se encontram espécies como o charroco, o sargo, a raia-riscada, o linguado, a lontra-europeia, a cegonha-branca e a perna-longa. A merecer especial referência está o roaz-corvineiro, uma das espécies de golfinhos que vive junto ao litoral, mas também no mar, e que possui no estuário do Sado uma comunidade com cerca de 30 animais.
Existem igualmente inúmeras espécies de Flora nas diversas áreas da Reserva, destacando-se Giestas, Dedaleiras, Lírios, Camarinheiras, Tomilhos, Cardos Roladores, Valverdes-dos-Sapais e Bocas de Lobo, entre muitas outras, variando entre a paisagem de sapal e duna, existindo também para protecção das espécies, a Reserva Botânica das Dunas de Tróia.
Na Carrasqueira, junto à praia da Comporta, encontra-se uma cais palafítico que se estende por centenas de metros pelos esteiros lamacentos do rio Sado, uma obra-prima da arquitectura popular.
A visitar é o Moinho de Maré da Herdade da Mourisca, recentemente restaurado, que alberga um Centro de Educação de Sal e o Galeão de Sal de 1944.

 

PARQUE NATURAL DA ARRÁBIDA

Situado junto ao mar, entre Setúbal e a vila piscatória de Sesimbra, o Parque Natural da Arrábida tem uma beleza incomparável, em que o azul do mar alterna com os tons esbranquiçados das falésias de calcário e com o verde do denso manto vegetal que cobre a Serra.

A riqueza vegetal é um dos maiores atrativos do Parque. Aqui encontra-se um dos raros exemplos de maquis mediterrânico em Portugal e a sua preservação foi um dos motivos que levou a que a Arrábida fosse considerada uma verdadeira relíquia científica internacional. Para que ela se mantenha intacta, o acesso a algumas áreas só é possível acompanhado de um Guia indicado pela Sede do Parque. Existem também diversas empresas credenciadas que organizam atividades radicais, como a espeleologia, o mergulho e a escalada.

Se quiser saber mais sobre a fauna e a flora, visite o Museu Oceanográfico, instalado no Forte de Nossa Senhora da Arrábida, junto à Praia do Portinho. Quase em frente, avista-se a Pedra da Anixa, uma pequena ilhota que constitui uma reserva zoológica devido à sua vegetação subaquática.

Além da Serra da Arrábida, o Parque engloba outras elevações como a Serra do Risco, onde se situa o ponto mais alto da costa continental portuguesa. Trata-se de uma magnífica arriba de 380 metros de altura, que se precipita sobre o mar de onde poderá apreciar uma inesquecível vista panorâmica sobre o Atlântico.

O encontro da serra com o mar originou um cordão de praias de areias finas e águas transparentes que julgaríamos só encontrar no Mediterrâneo como a Figueirinha, Galapos e o Portinho da Arrábida.

Preferida pelos frades franciscanos que entre os sécs XVI e XIX, habitaram o Convento ainda existente e meditavam nas capelas isoladas dispersas pela Serra. A Arrábida possui excelentes condições para a agricultura e a pastorícia que dão origem a produtos de grande qualidade. Destacam-se os Vinhos que poderá conhecer seguindo a Rota dos Vinhos da Costa Azul, que o leva à simpática vila de Azeitão onde poderá experimentar uns queijos deliciosos.

 

CONVENTO DA ARRÁBIDA

O Convento da Arrábida, construído no século XVI, abrange ao longo dos seus 25 hectares, o Convento Velho, situado na parte mais elevada da serra, o Convento Novo, localizado a meia encosta, o Jardim e o Santuário do Bom Jesus e ainda, adjacentes ao convento, mas autónomos, os aposentos do duque de Aveiro e as casas onde eram alojados os peregrinos.De arquitectura austera, o convento é praticamente desprovido de ornamentos. No seu interior, destacam-se apenas, de onde em onde, esculturas de santos e Cristos, de terracota e de madeira, colocadas em nichos, os azulejos que ornam as capelas, e ainda os embrechados compostos de pedrinhas misturadas com conchas e cacos de faiança e usados na decoração de fontes, paredes, muros e capelas.Assinalem-se ainda peças escultóricas de cerâmica e de madeira, cantarias e lajedos, tectos pintados e uma talha dourada.Em 1863, a Casa de Palmela adquiriu o convento mas as obras só começaram no século seguinte, nas décadas de 40 e 50. Quarenta anos depois, em 1990, o seu então proprietário optou por vender o convento e a área envolvente, num total de 25 hectares, à Fundação Oriente.Todos os anos no mês de Maio, o convento é palco dos Arrábida Meetings, um fórum de reflexão sobre questões políticas e estratégicas e que reúne alguns dos mais importantes estrategos mundiais.

 

PRAIA DOS GALAPINHOS

Praia com areia branca, sol e mar de águas cristalinas com aquele tom esverdeado. Esse é o cenário típico de uma viagem dos sonhos possível de ser encontrado na Praia dos Galapinhos em Portugal.

Esse paraíso secreto começou a ganhar destaque quando Galapinhos, que fica no litoral da Arrábida em Setúbal, foi eleita a melhor praia da Europa em 2017 pelo site "European Best Destinations". Depois disso, a praia começou a ganhar mais visibilidade e atrair atenção de turistas.

O título não veio à toa, isso porque o visual da Praia dos Galapinhos em Portugal é realmente encantador. A extensão da praia é pequena, com 550 metros de comprimento e faixa de areia até o mar de 60 metros, dando aquela sensação de que você está em uma praia particular.

A Praia dos Galapinhos em Portugal é ideal para jovens e casais que estão em busca de um local sossegado e com uma vista de tirar o fôlego.

 

PRAIA RIBEIRA DO CAVALO

Dizem que se assemelha às praias das Caraíbas ou até da Tailândia, talvez pelas cores de azul e verde que brilham, intensas, no meio do arvoredo do alto da encosta. Uma coisa é certa: a praia do Ribeiro do Cavalo, no concelho de Sesimbra, a cerca de 40 quilómetros de Lisboa, é um dos segredos mais bem guardados do nosso país. E por ser segredo ou por ser pouco acessível, guarda uma aura de silêncio cativante e uma sensação única de proximidade com a natureza. É uma praia pura, exótica e selvagem.

 

PRAIA PORTINHO DA ARRÁBIDA

Situada no Parque Natural da Serra da Arrábida, a Praia do Portinho é uma das mais bonitas de Portugal. As suas areias brancas e finas e os variados tons de azul das águas límpidas contrastam com a verdejante vegetação da Serra, formando um belíssimo cenário que convida ao repouso.

Nesta baía tranquila é possível praticar mergulho para observar a diversidade marinha, estando no entanto interdita a caça submarina pois o fundo do mar é também considerado reserva natural.

 

SESIMBRA

Pitoresca vila piscatória situada junto a uma baía abrigada, Sesimbra foi fundada no topo da colina, em redor do castelo dos Mouros que o 1º rei de Portugal, D. Afonso Henriques conquistou em 1165. Este castelo caíu de novo na posse dos mouros em 1191, tendo sido reconquistado no reinado de D. Sancho I (séc. XIII) que o doou à Ordem de Santiago para defesa e povoamento. Mais tarde, no séc. XVIII foi restaurado, sendo actualmente um ponto de visita obrigatória de onde se pode admirar uma paisagem verdadeiramente deslumbrante sobre a vila e o mar.

Foi a riqueza piscícola do mar de Sesimbra que fez com que o núcleo populacional descesse do alto da colina e se deslocasse para as suas proximidades, transformando-se esta vila num dos principais portos de pesca da região.

Foi também o mar que durante o séc. XX atraiu forasteiros que procuravam as excelentes praias abrigadas com óptimas condições para a prática de desportos náuticos, que tornaram esta pacata localidade numa concorrida estância de veraneio.

Nas redondezas, merece uma visita o Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel, junto ao qual na falésia são visíveis algumas pegadas de dinossauros.

Destaque especial merece também a excelente gastronomia regional em que os mariscos e peixes frescos são o elemento principal, e que se podem apreciar nos muitos restaurantes aqui existentes.
 
 
CASTELO DE SESIMBRA
O Castelo de Sesimbra é o último dos castelos portugueses sobre o mar a manter a traça medieval. Foi classificado como Monumento Nacional em 16 de junho de 1910 e reúne vários motivos de interesse. As suas muralhas têm uma vista única sobre a vila e sobre o mar.

No seu interior existem duas exposições permanentes sobre a sua história, centro de interpretação do património, igreja e um cemitério desativado. Disponibiliza também um circuito museológico que permite ao visitante, de forma autónoma, usufruir dos diversos pontos de interesse do imóvel. Os visitantes podem percorrer as muralhas e desfrutar de uma vista privilegiada da vila de Sesimbra e da região. A cafetaria com esplanada disponibiliza alguns produtos locais. Destaca-se na paisagem pela sua imponência.

 

CABO ESPICHEL

Pegadas de dinossauros, um farol, uma ermida, um santuário e muitas lendas. Assim é o Cabo Espichel, um pedacinho encantado do território português literalmente cravado entre o ‘infinito do céu, a estabilidade da terra e as profundezas obscuras do mar’*.

Pois é, você já ouviu falar do Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa, não é mesmo!? Mas há um outro, tão bonito quanto, do outro lado do Oceano e que ainda não é tão conhecido dos viajantes.

Diferentemente do Cabo da Roca, cujo único atrativo é a beleza natural que o cerca, o Cabo Espichel é recheado de história, memórias seculares e muita lenda. E se não bastasse tudo isto, há quem diga que lá foram gravadas algumas cenas do clássico “007 – Ao Serviço de Sua Majestade“.

 

PENINSULA DE TRÓIA 

Situada numa zona de grande beleza natural, a Península de Tróia é uma faixa de areia dourada com cerca de 17km de comprimento e 1,5km de largura, rodeada por um mar azul que faz deste local um destino privilegiado para momentos de lazer.

As praias de Tróia são famosas pela sua tranquilidade e boas condições que oferecem a todos os visitantes, usualmente praias de larga extensão que consagram espaço e condições para todos.

Este é um local ocupado pelo homem desde tempos antigos, sendo no período de ocupação Romana uma ilha do delta do Sado, denominada de Ilha de Acála, sendo ainda hoje visíveis as Ruínas Romanas de Tróia que atestam este período histórico, nomeadamente desde o século I d.C..
Tróia serviu então, durante muitos séculos e no encaminhamento da utilização dada pelos Romanos, como um local industrial de salga e conserva de peixe e de funções piscatórias em geral, tendo no século XVIII tido lugar escavações arqueológicas que confirmaram a existência de antigos pequenos aglomerados residenciais.

Hoje em dia Tróia oferece as mais variadas infra-estruturas e serviços, entre alojamento, restauração, parque de diversões, campos de ténis e golfe, entre outras, estando a decorrer uma profunda remodelação urbano-paisagística que pretende remodelar as construções decorridas nas décadas de 60 e 70 do século XX, destinadas a um turismo de massas, entretanto degradadas.

A proximidade com zonas naturais de excelência como o lindíssimo Parque Natural da Serra da Arrábida, a Reserva Botânica das Dunas da Península de Tróia ou o fantástico Estuário do Rio Sado, promovem cenários de grande beleza, reunindo as melhores condições para a prática das mais variadas actividades de turismo e lazer.
Começando pela famosa travessia por ferry-boat que liga Setúbal a Tróia, muito há para descobrir e usufruir na Península de Tróia, entre belas e calmas praias a pequenas aldeias de pescadores, como a Carrasqueira, que mantêm as suas típicas casas e tradições piscatórias, que importam conhecer e preservar.

 

CASTELO DE PALMELA

Com ocupação islâmica entre os séculos VIII-XII, o Castelo de Palmela foi conquistado por D. Afonso Henriques, em 1147 e definitivamente recuperado por D. Sancho I. Sede definitiva da Ordem de Santiago, de 1443 até à sua extinção, em 1834, a fortificação é Monumento Nacional desde 1910.
A posição geográfica do castelo permite um domínio estratégico de parte do estuário sadino, de uma vertente da cordilheira da Arrábida e das planícies envolventes que a separam do Tejo. Esta situação, noutros tempos, revestia-se da maior importância pelas ligações e possibilidades de comunicação que se estabeleciam com os castelos circundantes das linhas do Tejo e do Sado.

Dentro das muralhas do Castelo encontram-se: a Pousada Histórica de Palmela, situada no antigo convento da Ordem de Santiago; a Igreja de Santiago; as ruínas da Igreja de Sta. Maria, em cuja sacristia está instalado o Gabinete de Estudos sobre a Ordem de Santiago; o Posto de Turismo; lojas de artesanato e produtos regionais e, um Café-Espanada.

O Museu Municipal apresenta diversos espaços visitáveis no Castelo: o Espaço Arqueológico, o Espaço de Transmissões Militares e a Reserva Visitável de escultura de São Tiago (esta com visita sujeita a marcação prévia).

 

Fotos desta tour

Condições de Aluguer
  • A sua reserva será confirmada mediante disponibilidade.
  • Confirmação será dada até 2 horas depois do seu pedido de reserva.
  • Se não houver disponibilidade, a atividade será cancelada e o seu dinheiro devolvido.
  • Minimo de 1 pessoa e máximo de 6 pessoas.
  • Tesla Model 3: máximo 3 pessoas.
  • Tesla Model S: máximo 4 pessoas.
  • Tesla Model X: máximo 6 pessoas.
Política de Cancelamento
  • Pode cancelar a sua reserva até 24 horas antes do começo da atividade.
  • Garantimos reembolso total do valor.

Faça a sua reserva

img
Cancelamento gratuito até 24h antes do seu tour. Garantimos devolução total.
Loading...
A partir de 285€ - 8h

Esta tour inclui:

+16 pontos de Interesse
+16 pontos de Interesse
Ir para Reserva
img
Cancelamento gratuito até 24h antes do seu tour. Garantimos devolução total.
Ir para Reserva